Os nossos amigos Gatos

Ao longo deste blog vai ser possível conhecer algumas curiosidades felinas e aprender mais sobre estes adoráveis animais.
Aqui encontra um guia prático com todas as informações que o dono responsável precisa de saber.
Sejam bem-vindos ao mundo das Curiosidades Felinas!



segunda-feira, 20 de junho de 2011

Dermatologia: Alergias Alimentares

Imagem de: Clinicas Veterinárias de Gondomar
«Tal como as pessoas, os animais também podem sofrer de alergias.

As reações alérgicas em animais de companhia são caracterizadas por problemas de pele, normalmente associados e agravados por prurido.

Os estados alérgicos dividem-se em três categorias principais:
- alergia alimentar
- dermatite alérgica à picada da pulga (DAAP),
- atopia (alergia ambiental)

Muitos animais de estimação podem ser afectados por uma ou mais alergias.

1 - Alergia alimentar

1.1. O que é alergia alimentar e quais são os sintomas?

A alergia alimentar é uma reação alérgica a um ou mais ingredientes na alimentação do animal. Os alérgenos mais comuns são os das proteínas da carne e dos produtos lácteos, cereais (trigo, milho, soja), frango ou ovos. A causa exacta da alergia alimentar não é conhecida. Supõe-se que haja uma alteração no sistema imunológico do animal que faz com que certos ingredientes paseem a ser reconhecidos como "estranhos", desencadeando-se mecanismos para combater a percepção de "intruso".

Os sintomas mais comuns da alergia alimentar são prurido, lamber ou morder. Normalmente existe também presença de otite externa (infecção do ouvido), juntamente com outros problemas de pele. Os sintomas podem aparecer em qualquer idade mesmo que o animal tenha comido a mesma comida durante vários anos.

1.2. Como se diagnostica a alergia alimentar?

Uma das formas de diagnosticar uma alergia alimentar é colocar o animal sob uma dieta de "eliminação" por um mínimo de 8-12 semanas. Tal dieta contém ingredientes ao qual o animal não tenha sido exposto no passado. Uma dieta de eliminação pode incluir comida caseira ou prescrição comercial de rações hipoalergénicas. Para informação mais detalhada não hesite em contactar o seu veterinário. Se o seu animal de estimação tem uma alergia alimentar, deve haver uma redução significativa dos sintomas após o período recomendado na dieta de exclusão desde que o seu animal de estimação também não seja alérgico aos ingredientes recentemente introduzidos.

Outra forma de diagnóstico reside na colheita de sangue para testes de alergologia para posterior imunização.

1.3. Qual o tratamento para a alergia alimentar?

A melhor maneira de tratar a alergia alimentar do seu animal é a manutenção e o controlo atentos da sua dieta a fim de evitar os surtos. Em casos refractários poderá ser necessário prescrever medicação.»


Fonte: Clínicas Veterinárias de Gondomar (via Facebook)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sejam bem-vindos ao mundo das Curiosidades Felinas!
Muito obrigada por comentar!
Para pedidos de informação mais urgentes, por favor utilize o mail curiosidadesfelinas@gmail.com. Obrigada!

Informação

Todos os textos publicados foram preparados após pesquisas em enciclopédias, livros especializados, clínicas veterinárias e sites de conteúdo fidedigno, bem como pela experiência pessoal de convivência com muitos peludinhos.
Se detectar qualquer irregularidade ou incorrecção, agradecemos o seu contacto.


Voltem sempre!

Glitter Text Generator at TextSpace.net

Idade

PitaPata - Personal picturePitaPata Cat tickers