Os nossos amigos Gatos

Ao longo deste blog vai ser possível conhecer algumas curiosidades felinas e aprender mais sobre estes adoráveis animais.
Aqui encontra um guia prático com todas as informações que o dono responsável precisa de saber.
Sejam bem-vindos ao mundo das Curiosidades Felinas!



domingo, 12 de junho de 2011

Abandono de Animais


O abandono de animais é um problema que, infelizmente, afecta cada vez mais os centros urbanos em todo o Mundo, especialmente quando se aproximam as férias de Verão.
A crise económica é outro fenómeno que amplia esta realidade. As famílias possuem menos recursos para fazer frente às suas despesas e ter um animal de estimação pode não fazer grande peso no orçamento, mas tudo o que é terciário são despesas a cortar. Nestas alturas de apertar o cinto, ter um animal de estimação torna-se quase um luxo.
Durante o ano, as famílias gostam de ter em casa o seu animal de estimação porque cria um ambiente saudável e familiar. Mas assim que chegam as férias de Verão, surge o problema: a família quer ir de férias mas... o que fazer com o seu animal de estimação?

Em vez de procurarem alternativas, as pessoas optam pela solução mais fácil, deixando os seus animais ao abandono à mercê do destino. Muitos destes animais nunca estiveram em contacto com os perigos da rua, não se sabem defender, não sabem como atravessar a estrada ou onde procurar comida. Acabam, assim, gravemente feridos, doentes ou mortos...
Este abandono arrasta consigo uma série de consequências para a sociedade: os animais doentes tonam-se um perigo para a saúde pública porque são uma fonte de disseminação de doenças; os canis, associações e instituições que acolhem animais abandonados ficam sobrelotados; os animais sofrem enquanto vagueiam pelas ruas, passando fome, frio e medo...
 
No entanto, há muitas alternativas para quem pretende ir de férias descansado e saber que o seu amigo de quatro patas está bem entregue.
  • Porque não pedir a familiares ou amigos para passar lá por casa, alimentar o animal, passear ou brincar com ele, por apenas algum tempo por dia? Para além de regar as plantas e recolher o correio, vai dar a impressão de que está gente em casa e afastar possíveis assaltos. É a opção preferencial, uma vez que o animal vai estar no seu próprio lar, não sofrendo assim de stress por se encontrar num ambiente desconhecido.
  • Se entregar a chave de sua casa não é opção, pode pedir a alguém que leve o animal para sua própria casa durante o tempo em que se encontrar ausente. Neste caso, o animal deverá estar habituado a sair de casa e conhecer o ambiente e as pessoas para não estranhar.
  • Se também esta opção não é solução para si, há cada vez mais hotéis para animais, que acolhem, alimentam, tratam e fazem companhia aos peludinhos, para que a ausência dos donos seja mais fácil de suportar.
  • Há também Hotéis e Parques de Campismo que aceitam animais de estimação e poderá levar o seu companheiro de férias consigo. Consulte o artigo «Viajar com o seu gato» para algumas dicas sobre cuidados a ter quando viaja com animais de estimação.
Seja qual for a opção que preferir, não se esqueça de identificar correctamente o seu animal, quer através de microchip, quer através de coleira identificativa com o nome do animal, nome do dono e contacto.
 

Cabe a cada um de nós ajudar a formar a sociedade em que vivemos, para que as pessoas sejam mais sensíveis e receptivas a mudar esta realidade. Os animais são seres vivos, sensíveis e sofrentes, não são BRINQUEDOS.
Um animal deve ser desejado pelo dono e bem aceite pelos restantes membros da família. Por isso, a compra ou a adopção de um animal deve ser muito ponderada e estar de acordo com a sensibilidade e disponibilidade do novo dono.
Um animal de companhia precisa, não só de alimentação adequada e água fresca, mas ainda de uma série de outros requisitos que não devem ser ignorados, tais como alojamento adequado e espaço para se movimentar, acompanhamento veterinário, e atenção, entre outros. Assim, oferecer animais às crianças, só para lhes satisfazer os desejos é uma atitude incorrecta. Um animal deve fazer parte da família, ser desejado e estimado até à sua morte natural.
Colocar um animal num canil albergue deve ser o último dos recursos, pois ele nunca será feliz sem o dono.

            http://www.ruadireita.com/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sejam bem-vindos ao mundo das Curiosidades Felinas!
Muito obrigada por comentar!
Para pedidos de informação mais urgentes, por favor utilize o mail curiosidadesfelinas@gmail.com. Obrigada!

Informação

Todos os textos publicados foram preparados após pesquisas em enciclopédias, livros especializados, clínicas veterinárias e sites de conteúdo fidedigno, bem como pela experiência pessoal de convivência com muitos peludinhos.
Se detectar qualquer irregularidade ou incorrecção, agradecemos o seu contacto.


Voltem sempre!

Glitter Text Generator at TextSpace.net

Idade

PitaPata - Personal picturePitaPata Cat tickers