Os nossos amigos Gatos

Ao longo deste blog vai ser possível conhecer algumas curiosidades felinas e aprender mais sobre estes adoráveis animais.
Aqui encontra um guia prático com todas as informações que o dono responsável precisa de saber.
Sejam bem-vindos ao mundo das Curiosidades Felinas!



quarta-feira, 9 de junho de 2010

A castração/esterilização

A castração e esterilização de gatos é um tema que causa muita polémica e dúvida entre os donos dos animais. Deste modo, a informação presente neste blogue é meramente uma opinião pessoal, que pretende apenas informar sobre as vantagens e desvantagens destes métodos. Deve sempre consultar um médico veterinário para o aconselhar e informar adequadamente.
Apesar do que muita gente pensa, ao castrar/esterilizar os nossos bichanos não estamos a ir contra a sua natureza nem iremos provocar sofrimento ao animal. Contrariamente aos seres humanos, a reprodução nos animais é meramente para fins de proliferação da espécie. Desta forma, ao castrar/esterilizar os animais, estaremos a retirar os seus órgãos reprodutores (testículos/ovários), eliminando deste modo a sua apetência sexual. Nos seres humanos, há inúmeros métodos contraceptivos à escolha, cabe-nos decidir qual e quando usar. Os animais não têm esta opção. Cabe-nos a nós ajudá-los de uma forma segura e responsável, minimizando o sofrimento que poderá surgir por fugas, doenças ou ninhadas indesejadas.
Estaremos também a contribuir para o controlo da população felina, evitando casos de abandono e sofrimento, proliferação de doenças potencialmente fatais, atropelamentos e outros maus tratos.
Ora, estes métodos têm vantagens e desvantagens, pelo que cabe ao dono ponderar bem sobre esta decisão, uma vez que é irreversível.

NOS GATOS

A castração é uma intervenção cirúrgica que consiste na remoção dos testículos do gato. É uma cirurgia relativamente menos complicada que a esterilização nas gatas pois é menos invasiva. É realizada sob anestesia geral ou local, dependendo de quem a realize e a recuperação demora cerca de um ou dois dias.
Esta cirurgia previne o aparecimento de tumores nos testículos, uma vez que estes são removidos. Os machos tornam-se muito mais calmos e menos agressivos para com outros gatos.

Sistema reprodutor dos gatos

NAS GATAS

A esterilização é uma intervenção cirúrgica realizada sob anestesia geral que consiste na extracção dos ovários e útero (ovariohisterectomia). Esta cirurgia é normalmente realizada por acesso ventral, em que o veterinário abre uma pequena incisão no ventre da gata, de modo a extrair estes órgãos.
A esterilização poupa as gatas ao stress provocado por cios que não terminam em cópula. Existem também doenças sexualmente transmissíveis nos felinos e uma gata com cio que foge de casa traz geralmente complicações, e uma provável gravidez. Para além disso, a esterilização reduz a probabilidade do desenvolvimento de tumores porque impede as alterações hormonais que surgem na gravidez que podem contribuir para a formação destes nódulos. Quanto mais cedo for feita a esterilização, menor é o risco de desenvolvimento de tumores mamários. Se a esterilização for mesmo feita antes do primeiro cio, a probabilidade de se formarem tumores é quase nula. Os tumores mamários estão entre os três tipos de tumores mais comuns nas gatas e são, quase na totalidade dos casos, malignos.
A recuperação é mais lenta que nos machos, pois é mais invasiva. Demora cerca de quatro dias e a fêmea deve ser vigiada para que não lamba a ferida e se magoe, enquanto toma a medicação por via oral. Durante o primeiro dia após a cirurgia é normal que não se alimente como é habitual, pelo que deve regressar ao normal a partir do segundo dia.

Sistema reprodutor das gatas

Para mais informações, visite o site www.esteriliza-me.org/

1 comentário:

  1. Na minha opinião, os animais domésticos, que não são supostos a reproduzirem-se, devem ser castrados. A minha Fly (cadela) nunca teve filhotes e criou tumores mamários. Resultado: quando foi castrada, teve mesmo de retirar algumas maminhas, de modo a travar os tumores :(
    Depois disso ela ficou bem (já tinha 17 aninhos, mas era uma bebé grande), no entanto, se tivesse sido castrada anteriormente, não teria passado por tal :(
    Adoro a minha Flyzinha ainda :) (sei bem por onde andas ;))

    ResponderEliminar

Sejam bem-vindos ao mundo das Curiosidades Felinas!
Muito obrigada por comentar!
Para pedidos de informação mais urgentes, por favor utilize o mail curiosidadesfelinas@gmail.com. Obrigada!

Informação

Todos os textos publicados foram preparados após pesquisas em enciclopédias, livros especializados, clínicas veterinárias e sites de conteúdo fidedigno, bem como pela experiência pessoal de convivência com muitos peludinhos.
Se detectar qualquer irregularidade ou incorrecção, agradecemos o seu contacto.


Voltem sempre!

Glitter Text Generator at TextSpace.net

Idade

PitaPata - Personal picturePitaPata Cat tickers